Sobre nós

Alguns exemplos de energias renováveis são a energia solar, ou seja, a energia que vem do sol convertida em eletricidade ou calor, através de painéis solares fotovoltaicos ou térmicos para aquecimento do ambiente ou da água, a energia eólica, a energia dos ventos, que pode ser convertida em eletricidade através de turbinas ou aerogeradores, a energia hidráulica, proveniente das águas dos rios, marés e das ondas que podem ser convertidas em energia elétrica, como por exemplo das barragens, a energia geotérmica, que é a energia da terra que pode ser convertida em calor para aquecimento do ambiente e da água.

Os incentivos à utilização das energias renováveis deve-se ao fato de nos últimos anos a população ter se começado a consciencializar-se para uma possível escassez dos recursos fósseis como o petróleo, da necessidade da redução das emissões de gases nocivos para a atmosfera, com receio das alterações climáticas.

Em Portugal

post in portugal 1 - Sobre nós

Em 2016, 57% da energia elétrica produzida em Portugal foi através de energias renováveis, e durante 107 horas Portugal funcionou somente através de energia solar, hídrica e eólica, sem qualquer emissão de carbono, isto foi um marco para toda a nação portuguesa.

Portugal, devido ás suas condições climatéricas constitui uma fonte essencial de energia renovável não apenas para a península Ibérica, mas para com toda a Europa, podendo mesmo levar a exportação deste tipo de energia.

Ainda em 2016, Portugal foi o 7º país da União Europeia que mais produzir e mais consumiu de energia renováveis, comprometeu-se em encerrar a exploração do carvão até 2030 e transitar para a exploração da biomassa.

Em 2018, Portugal funcionou durante 3 dias seguidos através de energias renováveis, sendo que o grande destaque vai para a produção da energia eólica nacional que abasteceram cerca de 65% do consumo elétrico do país, outro marco foi atingindo pois Portugal produzir mais energia do que aquela que consumiu.

Vantagens e Desvantagens

post Vantagens e Desvantagens - Sobre nós

Como tudo tem as suas vantagens e desvantagens, as energias renováveis não são diferentes, estas não produzem emissões de gases para atmosfera não contribuindo assim para o efeito estufa, ao contrario do que acontece com outros combustíveis, no entanto podem gerar problemas ecológicos, como por exemplo as turbinas eólicas antes giravam muito depressa o que causava perigo para várias aves, e depois de corrigido esse problemas verificou-se também que poderiam causar transtornos nas migrações das mesmas, enquanto que nos rios as turbinas hidráulicas também constituem perigos para a fauna que lá vive.

Como algumas fontes de energia renovável possuem ainda uma eficiência baixa, o consumo a nível particular também fica complicado, pois os custos são elevados e é necessária uma grande área para a instalação.

Como a produção de energia elétrica tem que ser permanente, existe necessidade de armazenar parte dessa energia, esse armazenamento tem custos, e algo elevados.

Em termos de biomassa, teoricamente, o dióxido de carbono é armazenado para depois se queimar novamente, não havendo emissão de dióxido de carbono, mas na prática a energia poluente também vai ser aplicada, existindo emissões e apesar de renovável, a biomassa não é inesgotável.

A energia geotérmica é muito restrita, em termos geográficos e porque algumas das suas fontes podem ser poluentes, na extração da água subterrânea em altas temperaturas, podem vir para a superfície sais minerais tóxicos.

A diversidade geográfica conta muito pois diferentes recursos encontram-se com diferentes abundâncias em diferentes regiões, tendo alguns países recursos significativos relativamente perto dos centros de habitação.

O transporte de energia elétrica tem um custo significativo, no entanto ao recorrer a energias renováveis esse custo diminui bruscamente, uma casa que recorra a painéis solares fotovoltaicos, deve apenas de recorrer algumas horas por semana a uma fonte de energia elétrica externa, o que fará a fatura diminuir bastante.